O vídeo foi vetado pela Presidência.