Propiciou conhecimentos e práticas artesanais para pessoas vivendo com HIV/Aids sem recursos ou algum conhecimento profissional. O projeto abrangeu pessoas vivendo com HIV/Aids da Região Sul da Cidade de São Paulo e adjacências.

As atividades foram realizadas na região de Campo Limpo, de segunda à sexta-feira das 8 às 15 horas e contaram com: oficinas de confecção de bonecos, tapeçaria, artesanatos variados feitos com fuxico (almofadas, blusas, bolsas e outros), chocolates, velas, agenda e outros.

Ao todo 180 pessoas vivendo com HIV/Aids foram beneficiadas diretamente pela capacitação e  outras 20 com a profissionalização ao final de 12 meses de projeto. Outras 600 pessoas foram beneficiadas indiretamente pelo projeto.

#FINALIZADO