Após 50 anos, novo medicamento para tuberculose é aprovado

Posted by on jan 15, 2013 in Notícias | 0 comments

A droga poderá ser usada no tratamento de tuberculose resistente Para a organização humanitária Médicos Sem Fronteiras (MSF) é bem vinda a aprovação do bedaquiline – primeiro medicamento contra tuberculose (TB) a ser registrado desde 1963 -, pela agência reguladora norte-americana FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos, na sigla em inglês). “O primeiro novo medicamento para tratar TB em 50 anos é um grande marco”, disse Manica Balasegaram, diretor executivo da Campanha de Acesso a Medicamentos de MSF. “O fato de o medicamento ser ativo contra as formas resistentes da doença faz com que isso seja um potencial divisor de águas.” Hoje, o tratamento de tuberculose multirresistente (MDR-TB) é feito ao longo de dois anos, com até 20 comprimidos diferentes por dia e cerca de oito meses de injeções diárias. Os pacientes são submetidos a efeitos colaterais dolorosos, que vão da surdez permanente e náusea persistente à psicose. Globalmente, apenas 48% das pessoas que iniciam o tratamento de tuberculose resistente (DR-TB) são curadas. Nos programas de MSF, a taxa de cura é um pouco melhor – 53% -, mas ainda inaceitavelmente baixo. “Ministérios da saúde e agências reguladoras de medicamentos precisam trabalhar em conjunto para garantir que as pessoas com MDR-TB sejam beneficiadas com este importante avanço médico o mais rapidamente possível. Todos têm a responsabilidade de usar bedaquiline para elaborar novas estratégias para o tratamento da tuberculose resistente a medicamentos, que sejam mais curtas, mais toleráveis para os pacientes, e mais eficazes “, disse o Dr. Balasegaram. “Com um tratamento melhor a caminho, deve haver mais incentivos para aumentar nossos esforços para tratar a MDR-TB hoje.” A epidemia de DR-TB é enorme, com 310 mil novos casos notificados em 2011. Mas, globalmente, apenas 19% das pessoas consideradas infectadas estão recebendo tratamento. “O aumento global do tratamento de DR-T foi insignificante, em grande parte porque o tratamento atual é muito complexo e oneroso para os programas de saúde e difícil de tolerar para os pacientes”, disse o Dr. Francis Varaine, líder do grupo de trabalho de TB em MSF. “Com tratamentos mais simples, curtos e eficazes, nós seremos capazes de ampliar o número de pacientes em tratamento e curar um número maior de pessoas com DR-TB.” Além do bedaquiline, desenvolvido pela Janssen, outro medicamento contra MDR-TB chamado delamanid, desenvolvido pelo Otsuka, está em processo de registro pela Agência Europeia de Medicamentos. A previsão é que ele seja aprovado para uso em 2013. Juntos, os dois novos medicamentos representam uma oportunidade sem precedentes para melhorar o tratamento de MDR-TB. Esses medicamentos precisam começar a ser usados urgentemente. O acesso a novas drogas dependerá, em grande parte, dos fabricantes. MSF apela aos produtores que disponibilizem os medicamentos para pesquisa, para que...

Leia Mais

Grupo Focal sobre Co-infecção HIV/Aids/Tuberculose

Posted by on maio 14, 2012 in Notícias | 0 comments

Queridos Leitores, Gostaríamos de convida-los para participarem de um grupo focal sobre co-infecção HIV/Aids/Tuberculose. É uma nova parceria do Epah/Quero fazer com o Programa da USAID/Brazil AIDSTAR One Social Tech: Social Technologies for Sustainable Access to Tuberculosis Control and HIV/AIDS Interventions. O Grupo Focal acontecerá no dia 18 de maio (sexta-feira). Teremos dois grupos: Grupo da manhã: das 9:30 as 11:30 horas Grupo da tarde: das 14:30 as 16:30 horas Os encontros serão no CRD – Centro de Referencia da Diversidade: Rua Major Sertório, 292/294 – Centro (próximo ao Metro Republica) – Telefone: (11) 3151.5786. Haverá uma ajuda de custo para transporte e alimentação no valor de R$ 60,00. Caso você tenha interesse, envie um e-mail para epah@epah.org.br e entraremos em contato. TEMOS VAGAS LIMITADAS PARA ESSES GRUPOS, OU SEJA, 12 PESSOAS EM CADA PERÍODO. Lembrando que o público alvo são pessoas...

Leia Mais